. Vida pessoal e profissional: o equilíbrio é a chave do sucesso | Instituto Marcos Tito
  • Fortaleza: (85) 3108 8001

Vida pessoal e profissional: o equilíbrio é a chave do sucesso

As organizações têm pressionado cada vez mais os profissionais que trabalham para ela, em busca do aumento do nível de produtividade e consequente melhora dos resultados. Essa pressão leva as pessoas a uma situação de dificuldade no que diz respeito a administração do próprio tempo, levando-as a não conseguirem atingir um equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Trata-se de uma situação que precisa ser discutida.

Por mais que saibamos qual é a importância que o trabalho tem em nossas vidas, afinal, ele paga as contas e permite que fiquemos atualizados com o mercado, percebemos também que o nosso lado pessoal tem um peso significativo na nossa qualidade de vida. Dedicar-se exclusivamente à família ou ao emprego, quando esta não é a nossa decisão, pode nos levar a um quadro de insatisfação muito grande.

Encontrar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional é a chave do sucesso. Continue a leitura deste artigo e saiba como encontrar o seu.

Pratique o autoconhecimento

O autoconhecimento é uma ferramenta essencial para que consigamos atingir nossas metas, propósitos e materializar desejos pessoais. Vivemos em uma constante busca pelo bem-estar e crescimento interior, sendo necessário que repensemos os aspectos que permitem nos conhecer, orientar e direcionar para o que nos satisfaz.

É necessário que saibamos traçar objetivos a partir do conhecimento que temos acerca de nós mesmos. Devemos valorizar as ferramentas que nos ajudam a identificar nossos pontos fortes e fracos, crenças limitantes e capacidade de realização. Para transformar isto em realidade, devemos praticar o autoconhecimento.

Entenda o que é importante para si

O autoconhecimento possibilita o entendimento sobre o que é importante para si, que pode ser ficar mais próximo aos filhos, conseguir viajar e conhecer o mundo, crescer profissionalmente ou dedicar-se a um passatempo. Quando sabemos o que é importante para nós mesmos, torna-se mais fácil tomar as atitudes que promovem o alcance do ponto de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Estabeleça prioridades na sua vida

Ao identificar o que é importante para si, você será capaz de estabelecer as prioridades da sua vida. Nesse aspecto, pode ser que aquelas horas a mais no escritório para cumprir com o excesso de trabalho sejam transformadas em momentos com a sua família. Do mesmo modo, o atraso de todos os dias para o escritório pode ser convertido em momentos dedicados ao trabalho.

Observe a organização do seu dia a dia

Faça uma análise de como o seu dia é organizado. Perceba alguns momentos de exagero e outros que necessitam da sua dedicação. No escritório, por exemplo, a quantidade de dias em que você sente a necessidade de ficar até mais tarde pode revelar não somente um excesso de trabalho, bem como a má organização da sua rotina.

Da mesma maneira, o seu dia no escritório pode estar sendo afetado pela rotina doméstica mal definida. Os problemas que acontecem em casa são capazes de atrapalhar o seu desempenho no trabalho, principalmente quando deixam de ser resolvidos no lar e ficam à espera das suas decisões ou orientações.

Pense positivamente

Não se deixe derrotar pelos percalços do dia a dia. Tanto o bom quanto o mau humor são contagiosos e conseguem influenciar você e o ambiente onde se encontra no momento. Experimente chegar ao escritório com um sorriso no rosto e uma atitude mais positiva, desejando bom dia para os demais que estão lá.

Você notará que a maneira como os seus colegas de trabalho o recepcionarão será diferente. Observe os dias em que você ou outro profissional se encontram mais reativos, bravos e de mau humor. O restante do escritório tende a seguir o seu comportamento, principalmente se você ocupa um cargo de liderança.

Aprenda a delegar responsabilidades

Acredite: nem tudo faz parte da sua responsabilidade. Com esta afirmação, aprenda que é necessário delegar tarefas e confiar mais no trabalho dos outros — tanto na empresa quanto em casa. No escritório, identifique quais são as tarefas que realmente necessitam da sua análise ou aprovação. As demais, direcione para os outros profissionais.

Aproveite para também delegar responsabilidades em casa. As tarefas do lar não só podem como devem ser divididas entre os membros da família. Foi-se o tempo em que cuidar da casa era uma atividade designada somente às mulheres. Todos devem contribuir, inclusive as crianças — que desde pequenas precisam aprender algumas tarefas, como arrumar a própria cama e deixar a louça na pia após as refeições.

Cultive bons relacionamentos

Através do cultivo de bons relacionamentos você também pode encontrar o ponto de equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Ao manter as pessoas ao seu lado, por meio de relacionamentos fortes, elas serão mais receptivas em relação aos seus problemas. Nos momentos mais críticos, por exemplo, serão os seus amigos e familiares que estenderão as mãos e o ajudarão a superá-los. Já no trabalho, os bons relacionamentos ajudam a cultivar um ambiente mais colaborativo.

Exercite a flexibilidade

Evite ser muito rígido em suas atitudes. Exercite a flexibilidade para que não se sinta pressionado quando não conseguir finalizar uma tarefa ou atingir as metas propostas. Há dias em que estamos mais inspirados para trabalhar mais, portanto, compense os momentos em que você optar por não fazer nada.

Olhe para a sua agenda e tente aplicar nela a mesma flexibilidade das suas atitudes. Torne os momentos em casa e no trabalho mais produtivos, felizes e recompensadores. Encare os momentos com mais leveza e evite se aborrecer por causa daquilo que é imutável. Se você não tem o poder para melhorar o trânsito ou mudar o clima do dia, direcione os seus esforços para aquilo que realmente pode ajustar.

Conte com a ajuda do coaching

Por mais que tenhamos apresentado muitas dicas aqui para que você atinja o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, nem sempre será possível fazer isto sozinho. Em alguns casos, temos conosco as crenças limitantes que nos impedem de evoluir. Dificilmente identificamos elas e precisamos contar com a ajuda de um profissional.

coaching pode ajudá-lo nesta situação. Um profissional especializado em comportamento humano consegue identificar com você quais são os seus pontos fortes e fracos, meios para atingir os seus objetivos e as competências necessárias para que seja possível encontrar o ponto de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e marque os seus amigos que, assim como você, desejam obter uma melhor qualidade de vida — em casa e no trabalho.