. Ser um profissional melhor: por que procurar um coaching para ajudar? | Instituto Marcos Tito
  • Fortaleza: (85) 3108 8001

Ser um profissional melhor: por que procurar um coaching para ajudar?

As empresas exigem um desempenho cada vez melhor dos funcionários. Os principais motivos são o alto nível de cobrança dos clientes e a necessidade de inovar para ter uma performance superior à da concorrência. Por isso, a motivação para ser um profissional melhor é muito importante. 

Será que é possível conciliar os compromissos pessoais com a busca pela melhoria contínua no segmento profissional? A resposta para essa pergunta você terá com detalhes ao ler este post.

Nele, vamos abordar como evoluir na carreira e verificar a necessidade de mudar a postura profissional. Também serão destacados o momento de procurar um coaching e como esse profissional pode ajudá-lo a ter um melhor rendimento no trabalho. Confira!

Como ser um profissional melhor?

Não é novidade para ninguém que todos temos limitações, como a falta de resiliência perante os problemas, a dificuldade de tomar decisões e a falta de iniciativa para encontrar soluções para as adversidades.

Um passo relevante para sair de situações complicadas é reconhecer a ausência de capacidade para vencer sozinho os obstáculos que nos impedem de evoluir. Imagine um Analista de Sistemas que trabalha em uma empresa de tecnologia da informação há mais de 10 anos e que deseja alcançar um cargo de gestão.

Porém, ele possui dificuldades claras de comunicação e necessita também ter um maior conhecimento sobre a gestão de pessoas. Mesmo que tecnicamente seja qualificado para uma função de gerência, esse profissional dificilmente será promovido, porque faltam características essenciais para liderar uma equipe.

Se esse profissional não exercer a autocrítica, ele não vai sair do lugar. Ou seja, reconhecer as principais falhas é essencial para a evolução. Isso envolve não apenas a carreira, mas também a vida pessoal.

A partir do momento que uma pessoa identifica as limitações, ela se torna mais aberta a receber ajuda e a buscar alternativas para sair da situação que a incomoda. Assim, ela está apta a procurar um coaching, a ouvir conselhos de colegas de trabalho mais experientes e a dialogar com amigos e familiares.

Essas ações devem ser feitas com humildade e paciência. Somente com determinação e foco, a busca pela evolução profissional terá os resultados desejados. É preciso aliar capacitações que ajudem no aperfeiçoamento técnico com uma postura que contribua na melhoria pessoal.

Como avaliar os pontos de mudança?

Inegavelmente, perceber a necessidade de mudança é um ponto bastante positivo. Mas quais aspectos podem ser modificados na conduta profissional? E como fazer isso de maneira eficiente?

Uma boa resposta é fazer uma autoavaliação que ajude a identificar as habilidades a serem desenvolvidas e a visualizar os aspectos que limitam uma performance mais expressiva no ambiente de trabalho.

Para isso ser feito de forma mais detalhada e precisa, o ideal é procurar pelos serviços de um coaching. Esse profissional tem um planejamento para cada cliente, em que as ações têm começo, meio e fim.  

A primeira ação é identificar como uma pessoa está. Depois disso, são elaboradas iniciativas para que ela atinja o lugar que pretende alcançar em médio e longo prazos. À medida que um cliente percebe que está mudando para melhor, maiores são as possibilidades de as ações planejadas serem bem-sucedidas.

Pense em um vendedor que possui dificuldades de concentração e se confunde com as informações sobre os produtos. Ao detectar esse problema e trabalhar para minimizá-lo, ele terá mais sucesso. Por isso, avaliar os pontos de mudança é importante para qualquer profissional.

Quando procurar um profissional para ajudar?

Imagine que um funcionário saiba que precisa mudar para alcançar uma performance mais relevante na empresa. Porém, está confuso e necessita de um apoio para fazer isso de maneira produtiva. Para superar esse momento complicado, é fundamental contar com o suporte de um coaching.

Ele tem o conhecimento necessário para fazer um diagnóstico do que está gerando insatisfação — tudo em parceria com o cliente, Isso é uma medida fundamental para uma pessoa visualizar o que deve ser feito para sair de uma posição desconfortável.

Muitos profissionais não exploram todas as habilidades porque não conseguem avaliar a si mesmos de forma precisa. Isso acontece, muitas vezes, em virtude de uma rotina muito desgastante, em que as cobranças do trabalho e da família limitam a capacidade de autoanálise.

Quando alguém possui a coragem de conhecer a si mesmo e o desejo de evoluir na carreira e na vida pessoal, mostra que está no momento ideal para ser apoiado por um coaching. Não adianta pedir a colaboração desse profissional caso não haja força de vontade para enfrentar as adversidades.   

Como o coaching pode ajudar no crescimento profissional?

Visualize que um cliente contratou um coaching e já identificou os pontos a serem desenvolvidos para ser melhor no ambiente de trabalho e nos demais segmentos do cotidiano. A partir disso, é feito um planejamento que inclui iniciativas que vão ajudá-lo a crescer e a superar as dificuldades.

Um trabalho de coaching pode gerar uma série de benefícios que vão proporcionar o crescimento na carreira e no âmbito pessoal, por exemplo:

As atividades de um coaching podem ser desenvolvidas de duas formas. Na primeira, o cliente contrata o coach, que trabalha com ele durante 10 sessões, em um período de 6 a 8 meses. É fundamental que ambos definam os objetivos com transparência e acompanhem o cumprimento das metas de perto para os resultados aparecerem de maneira clara.

A segunda forma consiste na formação em coach, conhecida como Professional and Self Coaching (PSC). Nela, o cliente vivencia o processo de coaching de forma mais intensa e ainda aprende a ser coach.

Isso acontece porque são trabalhadas todas as questões analisadas no plano individual, e o cliente sai capacitado para ser o coach de outros funcionários de uma empresa. Essa situação pode ser perfeitamente vivenciada por um gestor que se torna qualificado para orientar os colaboradores de uma equipe a superarem as próprias limitações.

Para os que procuram um coaching de grande experiência no mercado nacional, uma indicação é o Marcos Tito. Ele já formou quase mil coaches como treinador e já teve mais de 200 clientes individuais, também conhecidos como coachees.   

Se você está interessado em adotar ferramentas valiosas para ser um profissional melhor, entre em contato agora mesmo. Com certeza, vamos ajudá-lo a vencer as dificuldades e a encontrar o caminho do sucesso!