. Piada interna: como a chacota afeta o clima no ambiente de trabalho | Instituto Marcos Tito
  • Fortaleza: (85) 3108 8001

Piada interna: como a chacota afeta o clima no ambiente de trabalho

istock.com/Wavebreakmedia É imprescindível sempre ficar atento às coisas que são faladas dentro do ambiente de trabalho.

O ambiente de trabalho requer postura profissional, além de seriedade, disciplina, responsabilidade e respeito. Desse modo, é possível construir um clima organizacional harmonioso e favorável ao desenvolvimento dos colaboradores e alcance dos resultados almejados pela empresa.

Apesar da liberdade de expressão que permeia a sociedade atual, é necessário ficar atento às coisas que são faladas no ambiente corporativo: as brincadeiras devem ter hora certa e ser direcionadas apenas àqueles colegas de trabalho que aceitam este tipo de interação e sabem lidar bem com as piadas.

Além disso, é fundamental evitar chacotas que envolvam aspectos como raça, peso, defeitos físicos e outras características individuais que geralmente são alvo de preconceito. Outro cuidado necessário diz respeito aos apelidos, que até podem existir, desde que não exprimam preconceito ou ridicularizem a pessoa de alguma forma.

As famosas piadas internas, que consistem em chacotas disfarçadas de modo que somente algumas pessoas possam entender, também merecem atenção. Isso porque esse tipo de piada abre espaço para a fofoca e a criação de desavenças desnecessárias e que podem comprometer a harmonia do ambiente de trabalho.

Sempre que você ouvir ou contar alguma piada interna ou fizer chacota com algum colega de trabalho, pense: como você se sentiria caso seus defeitos e características virassem piada entre seus colegas de trabalho? Colocar-se no lugar do outro é uma excelente maneira de avaliar se determinada brincadeira pode ser ofensiva ou prejudicial.