. Crescimento profissional: 9 hábitos que podem te atrapalhar | Instituto Marcos Tito
  • Fortaleza: (85) 3108 8001

Crescimento profissional: 9 hábitos que podem te atrapalhar

O crescimento profissional é muito importante para quem deseja se destacar no mercado de trabalho e ter uma carreira bem-sucedida. No entanto, existem alguns hábitos que atrapalham a rotina, prejudicam o foco, a qualidade das atividades e impedem a evolução.

Dessa forma, é fundamental reconhecer esses comportamentos nocivos para descobrir maneiras de corrigi-los e adotar novas condutas que, além de melhorar a produtividade, possam ajudar na obtenção de novos conhecimentos e habilidades.

Por isso, neste artigo, apresentaremos os principais hábitos que podem atrapalhar o crescimento profissional. Confira!

1. Excesso de desorganização

A organização é essencial para a evolução em qualquer âmbito da vida. Sem ela é muito difícil conseguir criar um ambiente propício para a produtividade e a realização das ações que impulsionam o desenvolvimento. Desse modo, é fundamental ter uma rotina estruturada, na qual os horários e os espaços físicos estão arrumados em função da boa execução das tarefas.

Contudo, alterar comportamentos pode ser desafiador. Por essa razão, é necessário ter atitudes que colaborem para a mudança. Utilizar agendas, cronogramas e aplicativos de gestão de tempo e tarefas são ótimas opções para manter tudo organizado.  

2. Ausência de foco

O foco também é muito importante em todas as esferas do desenvolvimento profissional. Pessoas que não têm concentração realizam as suas atividades com baixa qualidade e têm dificuldade para alcançar bons resultados.

Além disso, profissionais que não são focados costumam não ter resiliência e determinação para superar desafios. Assim, dificilmente conseguem destaque no mercado de trabalho e, consequentemente, a obtenção de algum tipo de crescimento.

Por esses motivos, é indispensável ter foco na execução das tarefas diárias e na busca por conquistas que propiciem a construção de uma carreira de sucesso. No entanto, para que isso seja possível, é preciso adotar práticas que possibilitem o aperfeiçoamento dessa capacidade, como dormir bem, realizar atividades físicas e ter um ambiente de trabalho sem distrações.

3. Frequente desmotivação

A desmotivação com as atividades diárias causa diversos danos ao desenvolvimento da carreira, como a baixa produtividade e a falta de criatividade, por exemplo. Ademais, pode trazer graves consequências para as relações interpessoais em todas as áreas da vida.

Por isso, é fundamental descobrir as origens da falta de ânimo e buscar formas de superá-la — desenvolver o autoconhecimento e realizar atividades que proporcionem satisfação, por exemplo.

4. Constante procrastinação

A procrastinação é um dos maiores problemas para o rendimento. Essa dificuldade atrapalha a produtividade, prejudica a credibilidade e faz com que o profissional seja visto como incompetente e não confiável.

Portanto, é necessário encontrar maneiras de corrigir esse comportamento para realizar as atividades com qualidade e conquistar boas oportunidades na carreira. Algumas formas de fazer isso são:

5. Falta de comunicação

Criar contatos e estabelecer vínculos é indispensável para o crescimento profissional, mas muitas pessoas não conseguem fazer isso por timidez ou comodismo. Com isso, as interações se tornam cada vez mais difíceis, o que impede a troca de conhecimentos, experiências e, principalmente, a criação de uma marca profissional reconhecida no mercado de trabalho.

Dessa forma, é preciso ser proativo, criar relações e melhorar continuamente os diversos aspectos do processo de comunicação, como observação, linguagem corporal e oratória.

6. Permanência na zona de conforto

A busca pela sensação de segurança e a comodidade fazem com que muitas pessoas permaneçam nas suas zonas de conforto e evitem de todas as formas a exposição ao desconhecido. Contudo, esse comportamento é extremamente prejudicial para o progresso da carreira.

Aceitar desafios e correr riscos calculados é inevitável para a construção de uma trajetória profissional de sucesso. Sem isso, é impossível ter vitórias e conquistar novos espaços no mercado de trabalho. Assim, é necessário vencer a inércia, enfrentar os medos e enxergar as oportunidades que existem nos desafios.

7. Pouco comprometimento

Assumir responsabilidades também é essencial para a evolução profissional. No entanto, muitos profissionais evitam fazer isso e deixam sempre que outras pessoas tomem as decisões. Assim, não correm riscos e não conseguem realizar feitos notáveis.

Desse modo, é fundamental conhecer as próprias capacidades e dispor-se a aplicá-las para obter os melhores resultados em suas profissões.

8. Carência de autocontrole

O domínio sobre as ações é imprescindível para planejar e realizar com eficiência as atividades diárias. Quando existe pouco autocontrole a tendência é que a rotina se torne estressante e desorganizada, fatores que prejudicam a produtividade e as relações interpessoais.

Portanto, é preciso adotar hábitos que favoreçam o equilíbrio nas condutas relacionadas ao trabalho e a convivência.

Algumas práticas que podem auxiliar no desenvolvimento do autocontrole são:

9. Resistência em pedir ajuda

Ter a ajuda de outras pessoas facilita muito a superação dos diversos obstáculos presentes no cotidiano. Porém, muitas vezes, a timidez, o orgulho e o medo do julgamento impedem que o auxílio seja requerido. Pedir um favor não é demérito algum e pode contribuir para a realização das tarefas, o aprendizado e, consequentemente, a evolução profissional.

Quando acreditar que alguém tem conhecimentos ou habilidades que podem simplificar o seu trabalho, não deixe que receios infundados impeçam a solicitação da ajuda.

Esses são alguns dos hábitos que mais atrapalham a construção de uma carreira bem-sucedida. Por isso, é fundamental encontrar formas de corrigi-los e adotar novos comportamentos que permitam que o trabalho seja realizado com mais qualidade. Assim, a conquista de oportunidades e o crescimento profissional vão ser possíveis.

Gostou de saber os principais hábitos que podem atrapalhar o crescimento profissional? Conhece outros comportamentos prejudiciais? Compartilhe conosco nos comentários!