. Como ter uma agenda prática e produtiva para o alcance dos seus objetivos? | Instituto Marcos Tito
  • Fortaleza: (85) 3108 8001

Como ter uma agenda prática e produtiva para o alcance dos seus objetivos?

O talento, a força de vontade e o foco em superar os próprios limites são fatores decisivos para o sucesso. Para atingir um desempenho de alto nível, é fundamental ser uma pessoa organizada e disciplinada. Por isso, é importante pensar em como ter uma agenda prática.

Não basta apenas reunir os compromissos do dia, da semana ou do mês em um pedaço de papel ou em um aplicativo. O ideal é verificar como estabelecer as ações que serão vitais para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. Pensando nisso, vamos abordar, neste post, a relevância de determinar as metas pessoais e a necessidade de classificá-las por período (curto, médio e longo prazos).

Também vamos destacar as modalidades de agendas disponíveis, a colaboração delas no alcance dos objetivos, a opção de separar as metas pessoais das profissionais, o papel da agenda no aumento da produtividade e o trabalho do coaching na organização das atividades. Confira!

Procure ter metas pessoais bem definidas

Independentemente do formato da agenda, o processo de coaching a considera como uma ferramenta para fazer com que as metas sejam viáveis. É importante estabelecer as tarefas a serem priorizadas e os prazos para cumpri-las.

Essa iniciativa apenas terá bons resultados caso seja feita com planejamento. Isso abrange a elaboração e a execução das atividades que vão contribuir para o crescimento pessoal e profissional.

Ao planejar as ações, registre tudo o que pode ser feito para realizá-las da melhor forma possível. Quando as tarefas apresentam um roteiro lógico, mais fácil será para você executá-las com tranquilidade e eficiência.

A programação das medidas a serem tomadas é um caminho interessante para atingir as metas. Por exemplo, imagine que um funcionário tenha como meta vender 100 mil reais em um mês. Nesse caso, ele deve estipular as ações a serem feitas para batê-la, como analisar o perfil dos clientes e aumentar o trabalho de prospecção.

No aspecto pessoal, imagine que você deseja perder 2 quilos em um mês. Essa ação pode ser concretizada por meio de uma alimentação mais saudável e exercícios físicos. O melhor é fixar os horários das refeições, definir os alimentos a serem consumidos e estipular os dias da semana em que vai para a academia.

Sem dúvida, é positivo ter metas desafiadoras. Por outro lado, elas precisam ser possíveis de serem concretizadas. Do contrário, podem prejudicar a evolução nos segmentos pessoal e profissional.

Classifique as metas por prazos

Os objetivos são essenciais para o nosso crescimento, mas não podem ser eternos. Por isso, o indicado é determinar um prazo para atingi-los. Faça uma separação das metas por período. Veja as que podem ser feitas em até um ano (curto prazo). Depois, analise as que podem ser concretizadas em médio prazo (2 a 5 anos). Por último, estabeleça as que exigem um maior tempo para serem efetivadas.

Ao fazer isso, você deve criar submetas, ou seja, ações para cumprir os principais objetivos em curto, médio ou longo prazos. Isso fica mais simples de ser realizado com todas as atividades registradas em uma agenda, porque permite um melhor acompanhamento do que está sendo realizado.

Escolha um modelo de agenda

Optar por um tipo de agenda (papel ou eletrônica) e determinar o foco (pessoal, profissional ou ambos) é uma ação que depende exclusivamente de cada pessoa. Alguns preferem ter uma agenda para verificar todos os compromissos que podem ser separados por cores. O ideal é que as informações estejam ordenadas para mostrar o que deve ser feito.

Com a estrutura montada, é importante que você esteja disposto a atualizá-la. Em certas ocasiões, surgem demandas de última hora, principalmente no trabalho. Se você está preparado para fazer isso, a agenda vai se tornar um instrumento bastante útil para o autoconhecimento.

Uma das razões é que vai ajudá-lo a verificar as prioridades e a compreender como se comporta para executá-las no dia a dia. Esse processo se torna mais eficiente com o apoio de um coaching, pois o cliente recebe orientações de como avaliar o que é mais relevante em termos pessoais e profissionais.

Saiba como ter uma agenda prática ajuda a bater as metas

Você já percebeu que uma agenda contribui bastante para gerenciar a rotina. Detalhar os compromissos e as atividades a serem feitas para atingir os objetivos é um grande passo para o sucesso. Apesar disso, ser uma pessoa melhor e um profissional de alto nível exige foco e muita força de vontade.

Ou seja, é preciso ter capacidade de decisão diante das dificuldades que surgem pelo caminho. A agenda deve ser usada como um mecanismo que norteia as metas, os valores e a visão de futuro. Além disso, é um recurso imprescindível para avaliar como nos comportamos diante dos objetivos a serem concretizados.

A partir do momento em que as ações estão previstas em uma agenda, a pessoa tem mais condições de fazer uma avaliação dos resultados obtidos. Isso é muito importante para planejar melhor as atividades e definir como executá-las da melhor forma possível.

Com certeza, uma agenda bem organizada propicia elaborar metas viáveis e definir o que deve ser feito para efetivá-las com precisão e com resultados mais expressivos.

Pense em como separar as informações

Ao analisar como ter uma agenda prática, contemple tudo que é necessário para avançar nos âmbitos pessoal e profissional. Com as tarefas devidamente dimensionadas, você pode listá-las de acordo com a prioridade e o prazo estipulado para finalizá-las.

Se tem dificuldades em separar o que abrange os aspectos humanos e profissionais, uma boa alternativa é colocar as ações em linhas ou em cores diferentes. Assim, fica mais fácil não esquecer o que deve ser realizado por período (dia, semana, mês, ano etc.).

Entenda como a agenda pode aumentar a produtividade

Imagine que você já registrou tudo que considera impactante para o seu crescimento nas áreas mais importantes da sua vida. Com certeza, é uma medida positiva para você seguir em frente. Mesmo assim, não ignore algo muito relevante: a motivação para bater as metas.

À medida que há ações e prazos para cumpri-las, é preciso estar focado em produzir com mais rapidez ou qualidade. Ou seja, fazer as atividades em menos tempo e de maneira mais perfeita. Ao avaliar como ter uma agenda prática, são maiores as chances de usá-la como uma referência para saber como está agindo para evoluir a cada dia.

Contudo, esse recurso somente será imprescindível para superar os desafios do cotidiano, caso estejamos empenhados em atingir os objetivos propostos.

Veja como um coaching pode ajudar na construção da agenda

Nem sempre é fácil mensurar os objetivos pessoais e os profissionais por conta própria. Por isso, é interessante buscar a ajuda de um coaching. Ele está habilitado para ajudar você a buscar o autoconhecimento e decidir o que deve ser feito para ser mais feliz consigo mesmo e com as pessoas ao seu redor.

O trabalho de coaching é direcionado para o alcance de objetivos (pessoais, profissionais ou ambos), levando reflexões para o cliente encontrar as respostas. A cada sessão a pessoa tem uma série de tarefas, como aprender outro idioma e buscar um melhor diálogo com os familiares.

No Brasil, o Marcos Tito é uma referência no segmento de coaching. Ele já foi responsável por mais de 200 processos individuais e capacitou mais de 4 mil pessoas em seminários, palestras e treinamentos.

Se você quer mais informações sobre como ter uma agenda prática, então entre em contato conosco. Será um prazer atendê-lo!