. Como alcançar objetivos? Descubra como desenvolver competências estratégicas | Instituto Marcos Tito
  • Fortaleza: (85) 3108 8001

Como alcançar objetivos? Descubra como desenvolver competências estratégicas

Como você imagina a sua vida dentro de cinco ou dez anos? Por incrível que pareça, muitas pessoas não sabem como responder a essa pergunta. Consequentemente, elas nunca pararam para traçar, estipular ou descobrir como alcançar objetivos.

A parte ruim dessa condição é que, muitas vezes, nos deixamos levar pelas situações que nos ocorrem e perdemos o controle do rumo de nossas vidas. Se você não quer que isso aconteça com você, é melhor começar definir objetivos reais para chegar onde você quer.

Além de desenvolver uma ideia sólida para o futuro, é necessário que você trabalhe com afinco, foco e determinação para desenvolver competências estratégicas que o levem a um próximo nível em relação à realização dos seus objetivos.

Se você não tem ideia de por onde começar, arregace as mangas e confira o conteúdo que preparamos para você neste post! Aqui você encontrará um guia de como sair do lugar onde você está e começar a extrair o máximo de proveito da sua jornada em busca das suas metas e objetivos. Vamos lá?

Não tenha medo de mudar!

O medo é uma espécie de erva-daninha que paralisa e prejudica muitos aspectos da sua vida, especialmente aqueles que dizem respeito a mudar a rota e descobrir novas realidades. Muitas vezes, o próprio fato de decidir algo e começar a agir a respeito já gera medo:

Isso mesmo! Algumas pessoas têm medo até mesmo de alcançar o sucesso em suas tentativas, afinal, isso muda toda a realidade. 

Nós, seres humanos, somos frequentemente encorajados a buscar conforto, seja nas tarefas diárias ou na própria rotina de casa, por exemplo.

Quando nos propiciam cada vez mais produtos e serviços que nos fazem despender pouco tempo e esforço para realizar atividades, tendemos a manter esse mínimo esforço em todos os aspectos da nossa vida.

No entanto, é preciso ter clareza de uma coisa: tudo o que você precisa para sair de onde está é começar a caminhar. Para isso, é preciso colocar um pé após o outro, enfrentar o medo e descobrir que ele não é mais que uma distorção que mantém turva a nossa visão sobre desafios.

Na medida em que você se permitir mudar os caminhos, decidir sua nova realidade e escolher para onde quer ir, verá que muitos medos desaparecerão e darão lugar à sede de vitória e ao trabalho duro.

Isso nos leva ao próximo item.

Tenha uma visão clara de suas metas e objetivos

Ter clareza sobre o caminho a ser traçado é tão importante quanto percorrê-lo. O mesmo acontece em relação à definição dos seus objetivos. Quando você possui muitos desejos e nenhuma prioridade, fica difícil saber por onde começar.

Por isso, é preciso estar alinhado com os seus princípios e desejos mais profundos para a sua vida. Saber quais são os seus objetivos é essencial para estipular metas, afinal, elas serão o seu “passo a passo” para chegar onde você quer.

Para visualizar o que você deseja para a sua vida, tente fechar os olhos por um segundo e imaginar a realidade ideal para você daqui a alguns anos. Considere os aspectos:

É importante ter uma visão detalhista da vida que você deseja, incluindo lugares, emoções e desafios. A partir dessa visão é que você começará a construir os seus objetivos e metas, traçar um novo caminho e buscar seu desenvolvimento para despertar todo o seu potencial.

A partir de então, é o momento de traduzir esse seu desejo mais profundo em marcos mensuráveis e claros, com o máximo de informações possíveis e com prazos para serem realizados.

Vamos imaginar um exemplo: você decide que quer ganhar mais. No entanto, essa informação isolada não exprime de fato em quanto tempo isso vai acontecer, como isso vai ocorrer nem caracteriza as condições em que isso vai se tornar palpável. 

Portanto, você precisa definir um objetivo real e concreto, como: ganhar o dobro do que você ganha em um prazo de dois anos. Você percebe como é mais fácil identificar quando esse objetivo será alcançado? 

Depois disso, você precisará traduzir esse objetivo em metas menores, atingíveis em curto prazo. Seguindo o mesmo exemplo, seria possível utilizar questionamentos como:

Partindo das respostas obtidas com os questionamentos acima, seria possível traçar as primeiras metas em relação aos seus objetivos, como investir na sua formação, mudar de emprego ou pedir um aumento. Tudo isso com prazos específicos estipulados.

Em geral, objetivos sem metas são considerados apenas intenções e não esclarecem de fato onde você quer chegar. Alguns especialistas em produtividade pessoal estudaram e desenvolveram um método amplamente utilizado para a definição de metas: o método SMART (ou “esperto”, em inglês). 

A sigla representa que as metas devem ser:

A partir desse método é que se baseia uma definição clara de metas e objetivos. Outra opção é organizar, entre todas as metas elencadas, aquelas que são prioridades, ou mais importantes em médio prazo. Assim você saberá por onde deve começar.

Vamos conferir a próxima dica?

Faça anotações objetivas do que você deseja alcançar

Agora que você já sabe qual é a realidade que quer para a sua vida, quais são os objetivos a serem realizados e as metas que precisa alcançar para chegar lá, é hora de anotar tudo isso.

Existem diversos benefícios de anotar o que você quer alcançar de forma objetiva, como um checklist, afinal, assim você:

Para que a atitude seja ainda mais eficaz, deixe suas anotações ao alcance dos seus olhos, como na sua mesa de trabalho, no carro, na sua agenda, celular ou computador. A visualização das suas anotações ajudará a manter você motivado para alcançá-las.

Você também pode ter um planejamento completo, no qual poderá caracterizar seus objetivos de acordo com a sua natureza, como:

Além disso, outros tipos de organização ajudam a manter a clareza sobre suas metas. Depois de as classificar de acordo com a prioridade, procure distribuí-las em metas para curto, médio e longo prazo. Isso facilita a compreensão do todo e da importância de cada etapa para o resultado final.

As metas podem ser selecionadas:

Lembre-se que quanto mais detalhista e claro você for nas anotações, mais fácil será de realizar a meta.

Estipule prazos para atingir suas metas

Os prazos são importantíssimos para que você consiga realizar seus objetivos e metas. Além de fazer parte dos dois últimos itens citados — a clareza e as anotações sobre os objetivos —, ele é determinante para nortear as suas ações e fazer com que você, de fato, se mexa para realizar algo.

Datas, horários e marcos criam um senso de urgência que induz à realização das atividades propostas. Nesse sentido, ele serve como um propulsor da execução e também um medidor do seu real desempenho.

Porém, definir os prazos não é tudo. Você conhece aquele ditado que diz que ninguém tem mais tempo que o outro? A forma como nós lidamos com o nosso tempo é que determina o nosso aproveitamento. 

Você também precisará gerenciar o seu tempo para dar conta das responsabilidades que assumiu. Para isso, vale utilizar desde gerenciadores de tempo robustos até técnicas mais simples para fazer com que você seja produtivo.

Gerenciar seu tempo tornará você menos distraído e mais determinado a trabalhar para atingir a sua meta. 

Desenvolva estratégias

Se você já correu um dia todo para dar conta de muitas tarefas, mas chegou a noite com aquela sensação de que não realizou nada, você sabe o quanto é frustrante. Para que esse ciclo não se torne um hábito e você não fique fadigado à toa, não deixe de tornar o seu dia a dia mais estratégico.

Esteja consciente de que você se deu ao trabalho de descobrir qual é a vida profissional e pessoal que quer para si, determinou onde quer chegar, elegeu objetivos, metas e prioridades, portanto, não nade exaustivamente para morrer na praia.

Dedique um pouco mais de tempo e planeje seu futuro de forma estratégica. O que isso significa? Que o seu planejamento deve ser o seu mapa, principalmente quando você não conhece o chão em que está prestes a pisar.

Uma estratégia só é eficiente quando está alinhada aos seus objetivos e o aproxima deles. É muito importante tomar atitudes, no entanto, atitudes que não tenham a ver com o que você quer para a sua vida tornarão a sua estratégia ineficaz.

Se você não sabe exatamente a estratégia que deve seguir, procure se espelhar em pessoas que já traçaram esse caminho. Busque mentores e profissionais que já conquistaram coisas que você também almeja. 

Isso fará com que você poupe tempo, energia e esforços que eventualmente seriam despendidos em tentativas falhas. Não tenha medo de aplicar o conhecimento de outras pessoas na sua própria jornada!

Com base nisso, separamos algumas das estratégias mais importantes para que você consiga alcançar os seus objetivos, confira:

1. Planeje de forma incansável

O planejamento é uma ferramenta imprescindível para que você tenha condições de saber de onde está partindo e onde pretende chegar. No entanto, não significa que ele seja estabelecido em uma linha reta e não sofra alterações.

Um bom planejamento é feito e refeito de forma constante, assumindo ajustes importantes de percurso. Nem sempre será necessário que você esteja performando em nível máximo, em alguns momentos, você precisará segurar as pontas e diminuir o ritmo. No entanto, em outras fases, será importante que você dê tudo de si. 

 

O mais relevante é ser consistente quanto ao seu objetivo, porém, adaptar suas ações sempre que a situação exigir.

2. Invista na sua disciplina

O sucesso é resultado da constância de tentativas que se aprimoram ao longo do tempo. E constância requer disciplina. Definir seus objetivos, escrever suas metas e realizar um planejamento não significa que você vai executá-lo.

Suas ações não se farão sozinhas. Por isso é importante desenvolver o hábito da disciplina, criar ambientes adequados para que ela se perpetue e se organizar para conseguir mantê-la.

Muitas vezes nos deixamos levar pela procrastinação ou pela inércia, provocando a ruína de nossos objetivos. Não se esqueça que manter a disciplina se trata de algo muito simples: levantar e começar a fazer.

3. Evite distrações

Enquanto você estiver trabalhando para alcançar as suas metas e objetivos, evite qualquer coisa que possa tirar o seu foco disso. Isso diz respeito a lugares, atividades, recursos ou mesmo pessoas que acabam fazendo com que as distrações aconteçam.

Dê uma boa revisada nas suas atividades e comportamentos e identifique quais são os seus principais gatilhos de distração. Você pode os eliminar ou simplesmente isolar durantes períodos críticos. As maiores fontes de distração são:

Fique atento e direcione o seu tempo livre para atividades que o aproximem do seu objetivo de vida. 

4. Utilize marcos

Planejamentos geralmente levam tempo para serem executados e isso pode ser frustrante para a maior parte das pessoas. Para manter a sua motivação e continuar se sentindo estimulado, crie marcos de prazos menores, por semana ou por mês.

Se você estipulou metas mensuráveis, é mais fácil chegar a marcos com elas. Se o seu objetivo é perder 10 quilos em um ano, por exemplo, basta calcular quantas gramas você precisa perder por semana ou mês.

5. Quebre o ciclo da procrastinação

A procrastinação é um hábito e está entre os mais prejudiciais para o alcance de metas e objetivos. Para se livrar dela, comece com um exercício simples de substituição de gatilhos mentais.

Para iniciar, identifique quais são os gatilhos que acionam sua procrastinação, sejam eles ideias ou situações. A partir disso, comece a substituí-los por ações. Existe uma técnica muito simples e interessante que é a técnica do “3, 2, 1 … Faça!”

Essa técnica é extremamente simples por se tratar de uma contagem regressiva que gera senso de urgência na realização de tarefas. Para executar, basta se concentrar na atividade que precisa ser feita, contar regressivamente e começar a fazer. Dessa forma, você acaba substituindo um gatilho mental prejudicial por outro benéfico.

Além disso, você pode usar outras técnicas, como os intervalos de trabalho de 15 minutos, por exemplo, seguidos de descanso, caso seja necessário. A tendência, nesse caso, é que depois de começar a tarefa você simplesmente não pare depois dos 15 minutos. Curioso, não é?

6. Comece pelo mais difícil

Se a sua procrastinação ou a dificuldade das suas tarefas estão o impedindo de alcançar seus objetivos e metas, experimente começar o seu dia com as tarefas mais difíceis de serem executadas.

No começo do dia, sua mente está mais descansada e você tende a ter mais energia. Por isso, utilize esse período para realizar as coisas que você pode fazer agora e que vão deixar você mais próximo do seu objetivo.

Ao realizar as tarefas mais difíceis logo pela manhã, as demais parecerão ainda mais fáceis ao longo do dia.

7. Utilize a regra do 80/20

Você conhece o Princípio de Pareto? Trata-se de uma regra que afirma que 80% dos resultados obtidos provêm de 20% dos esforços aplicados para realizá-los. A partir disso, seu maior desafio será identificar quais são as suas atividades que estão gerando 80% dos seus resultados.

Com isso, sua performance melhora significativamente, atribuindo maior qualidade àquilo que você executa. Para descobrir o que está contribuindo para os seus resultados, basta elencar suas atividades (ou esforços) ao resultado que você obtém com elas. 

E então trabalhar naquilo que realmente pode tirar você do lugar!

8. Conte com as falhas

Você vai errar. Não importa o quanto planeje, o quanto ajuste, o quanto se dedique. Em alguns momentos você cometerá falhas. E não há problema algum nisso.

O problema está no fato de não nos anteciparmos às falhas, não contarmos com elas. Assim, sempre que algo sai do planejado, levamos muito mais tempo para superar e contornar o erro. Porém, se prevermos nosso próprio fracasso, fica mais fácil lidar com ele.

É preciso utilizar as falhas e os fracassos como degraus de aprendizagem que fortalecem e impulsionam os resultados. Quanto antes você errar, antes terá condições de corrigir o seu erro e aprender com ele.

Dessa forma, suas falhas se tornarão vantagens estratégicas e não motivo de desistência ou frustração.

9. Fique atento aos pontos de melhoria

A busca de como alcançar objetivos também inclui autodesenvolvimento contínuo. Isso quer dizer que você deve se manter disposto a identificar e desenvolver seus pontos de melhoria. 

Aproveite esses espaços como oportunidades, descubra suas forças, fraquezas, habilidades, competências e, principalmente, saiba qual é o seu potencial. Busque o melhor de si mesmo e trabalhe para avançar todos os dias.

Não se prenda a crenças limitantes e medos que podem bloquear o seu caminho. Mantenha o foco nas suas tarefas e se concentre no fato de que elas construirão a sua jornada. É preciso ser otimista e acreditar que os seus esforços vão ser recompensados, que quando você chegar ao seu objetivo, terá a vida que desejou.

10. Saia da sua zona de conforto

Optar pelo caminho mais fácil apenas garantirá que você continue onde está. Se continuar fazendo as mesmas coisas, indo aos mesmos lugares e se mantendo em campos que você já conhece, não será possível realizar avanços.

Sair da sua zona de conforto proporcionará benefícios importantes para que você desenvolva competências de forma estratégica, como:

 

 

Tenha sempre um plano B

É indispensável que você seja persistente e lute para alcançar seus objetivos. No entanto, também é preciso estar preparado caso algo saia fora do planejado. 

Seja pela vontade incontrolável de desistir, seja pelos imprevistos que surgem no caminho ou simplesmente pelo cansaço, é sempre importante que você tenha uma segunda opção, um plano B caso a sua principal escolha deixe de funcionar.

É preciso estar preparado para lidar com as diversas situações que será preciso enfrentar durante buscas como alcançar objetivos. A mais comum delas é perceber que você enrijeceu demais o seu planejamento para seguir em frente mantendo as definições iniciais.

Para solucionar essa dificuldade, é preciso desenvolver flexibilidade comportamental e a capacidade de realizar adaptações quando for realmente necessário. Situações inesperadas são sinônimos de desafios e servem para o fortalecer e inspirar ainda mais.

Lembre-se que, em meio a uma tempestade, são as plantas mais flexíveis que sobrevivem, enquanto as rígidas se rompem. Portanto, esteja preparado para criar opções e realizar concessões frente a alguns desafios.

 

Quando planejar sua jornada, pense em diversas formas de chegar ao seu objetivo e não apenas uma. Assim, se algo der errado, você poderá contar com outras opções. 

Agora que você já sabe como alcançar objetivos e desenvolver competências estratégicas, que tal assinar nossa newsletter e receber todos os nossos conteúdos diretamente no seu e-mail?